FESTA 100% FAVELA

FESTA 100% FAVELA
SETEMBRO A GRANDE FESTA

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

ensaiaço 27 de janeiro sexta feira lançamento

domingo, 22 de janeiro de 2012

show Negredo, r.d.g, mano Brown, na comunidade do moinho

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

GOLPE NO CARREFOUR!

GOLPE NO CARREFOUR!

ATENÇÃO!!!

Fiquem ligados....... nova forma de assalto que está rolando agora.....

Não sei quantos de vocês fazem compras no supermercado Carrefour, mas esta informação pode ser de muita utilidade.

Mando esta informação para avisá-los que fui vítima de assalto no Carrefour, mas poderia ter sido em qualquer outro supermercado.

Funciona da seguinte maneira:

Duas garotas muuuuito saradas chegam perto enquanto você está guardando as compras no porta-malas e começam a limpar o para-brisa com esponja e um produto limpador, dizendo que é um novo produto que pode ser usado sem água e que eles são demonstradoras.

Como elas estão sem Sutiã, fica impossível não olhar e não se distrair.

Eu ofereci uma gorjeta, mas não aceitaram e me perguntaram se eu ia passar próximo ao Centro, pois elas iriam para lá.

Eu falei que sim, que não tinha problema e entraram as duas no banco de trás e no caminho começaram a tirar a roupa e logo, estavam completamente nuas.

Em seguida uma passa para o banco da frente e começa a me beijar, enquanto a outra me rouba o dinheiro, cartão, talão de cheque que estavam na minha carteira.

Estejam alertas, pois poderá acontecer com vocês também !!!!

Me roubaram na terça-feira, duas vezes na quarta, uma ontem...

E amanhã eu vou de novo!!!

Abraços,

Mais tarde eu mando outra mensagem, agora tô indo para o Carrefour ...

A BAIANA NA IGREJA UNIVERSAL

A BAIANA NA IGREJA UNIVERSAL > Uma baiana comenta sua situação aflitiva com um amigo, crédulo da Igreja > Universal: > - Estou numa maré braba fio. Estou sem crédito na praça, devendo pra todo > mundo. Não vejo solução. Já pensei em me matar. Estou desempregada e sem > dinheiro, cheia de contas e carnês atrasados. Não há nada que dê jeito > nessa situação. Já perdi a esperança! Acho que já estou doente e vou > morrer mesmo... > O religioso: > - Calma! Não é nada disso... Você precisa de ajuda espiritual. Você > conhece a minha igreja? É pertinho da rodoviária, quase em frente ao > Iguatemi , fia. Pois é, na quarta-feira, tem uma Sessão de Descarrego, > onde todos são curados ou aliviados, com uns 318 pastores e muita fé. Vai > lá ... Vamos te salvar! > Na quarta-feira, a baiana vai. No meio do culto é chamada ao palco e um > pastor a agarra pelos cabelos e pergunta: > - Qual é o seu problema?!! > Ela diz: > - Dívida, meu santo, dívida ... > O pastor começa a gritar: > - Sai desse corpo, demônio! 'Disaloja!' Esse corpo não te pertence! Em > nome de Jesus , te afasta desta alma boa!!! > E colocando a Mão em sua testa e segurando pelos cabelos , GRITA: > -Estou ordenando: Em nome de Jesus , 'Disaloja!'... 'Disaloja!'... > 'DISALOOOOOJAAAA!!!!!!!!' > E a baiana aflita grita: > - Casas Bahia!!! Lojas Americanas!!! Ponto Frio!!! Magazine Luiz a, Cartão > Visa, C&A!!! Marisa!!! Fininvest!!! Ibis !!! Losango!!! Casa&Vídeo!!! > Bloco Camaleão!!! Camarote da Ivete!!! Precaju!!!! Me acuda meu Deus > antes que quebrem meu pescoço !!!!!

JULGAMENTO DA VELHINHA

JULGAMENTO DA VELHINHA Juiz: Qual sua idade? Velhinha:Tenho 86 anos. Juiz: A senhora pode nos dizer com suas próprias palavras o que lhe aconteceu no dia 1º de abril do ano passado??? Velhinha: Claro, doutor. Eu estava sentada no balanço de minha varanda, num fim-de-tarde suave de verão, quando um jovem sorrateiramente senta-se ao meu lado. Juiz: Você o conhecia? Velhinha: Não, mas ele foi muito amigável.... Juiz: O que aconteceu depois? Velhinha: Depois de um bate-papo delicioso, ele começou a acariciar minha coxa. Juiz: A senhora o deteve? Velhinha: Não. Juiz: Por que não? Velhinha: Foi agradável. Ninguém nunca mais havia feito isto comigo desde que meu Ariovaldo faleceu, há 30 anos. Juiz: O que aconteceu depois? Velhinha: Acredito que pelo fato de não tê-lo detido, ele começou a acariciar meus seios. Juiz: A senhora o deteve então? Velhinha: Mas claro que não, doutor... Juiz: Por que não? Velhinha:Porque, Meritíssimo, ele me fez sentir viva e excitada. Não me sentia assim há anos! Juiz: O que aconteceu depois? Velhinha: Ora Sr. Juiz, o que poderia uma mulher de verdade, ardendo em chamas, já de noitinha, diante de um jovem ávido por amor? Estávamos à sós, e abrindo as pernas suavemente, disse-lhe: Me possua, rapaz! Juiz: E ele a possuiu? Velhinha: Não. Ele gritou: 1º de abriiiiiiiiiiiiiiii illllllll! Foi aí que eu dei 6 tiros no filho da puta!! Recebi e repasso para que se faça justiça: ELA É INOCENTE! kkkkkkk

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

progresso nas quebrada ferrez fazendo acontece no jardim comercial


Underground SP chega as lojas

Pontos de Venda: Nas lojas 1DASUL, galeria 24 de maio ou no Capão Redondo.

Vários artistas fazem o rap ter seu presente de natal.
Uma coletânea exclusiva, produzida pelo R.B. e feita para o final de ano com estilo Hip-Hop Underground SP.


Interferência final de ano

Salve, fizemos uma grande matéria com Alessandro Buzo, na Ong Interferência, lá agente cuida de 150 crianças, com duas educadoras, que são formadas em pedagogia, e um professor de Capoeira, infelizmente estamos com problemas para manter o projeto, pois perdemos um apoio que tinhamos, e somente a Casa Petra permaneceu nos ajudando, agradeço a solidariedade do Paulo Magrão que está tentando nos dar uma força, e vamos precisar mesmo de outros parceiros, o custo não é tão auto, mas fica difícil manter sem parceria, quem quiser conhecer o projeto e conhece alguma empresa ou pessoa que queira contribuir só entrar em contato com a Célia da Casa do Zezinho, que é quem faz nossa captação, pode ter certeza que o trabalho é sério.
Estamos nos preparando para o Natal, e dia 23 teremos uma grande festa, com bolo, e muitos doces e presentes.
você está convidado, Natal é solidariedade, não é só consumo, é sim pensar no próximo e dividir para somar.

a movimentação foi muito grande durante as gravações que irão ao ar no SPTV dia 24, no bloco do Alessandro Buzo.

aos poucos vamos mudando toda a Travessa, começamos pelos postes.



Tomara que ano que vem continuamos, seria muito ruim fechar as portas para essas crianças.
agradecimento a Tia Bia, Nice, kátia e Cabelo, que estão junto com a gente nessa batalha.

Mais uma agressão no Metrô Capão Redondo.

Mais uma agressão dos guardas do Metrô, porque nunca acontece esses casos no Vila Olimpia, ou em outras estações, veja o depoimento de Paulo, que faz um lindo trabalho no Morro do Piolho, veja como foi essa covardia narrada pelo próprio Paulo Magrão.

um vendedor de trufas estava sendo retirado da calçada frente ao metro Capão Redondo,
iria eu passando por ali e pedi para o segurança não empurrar o rapaz, de contra partida o segurança virou rapidamente e me deu um tapa na cara , segui então para adm. Do metro para comunicar com o seu supervisor... , antes de chegar na adm . fui agarrado com uma gravata no meu pescoço, foi ai então que se formou uma grande confusão,virei um bicho e após ter sido agradecido duas vezes revidei com gosto , por alguns momentos pensei ter levado a melhor , pois populares viram a tal injustiça, esperei o comandante que logo veio da estação largo 13 e a historia começava a ser deturpada , até ai tudo bem , sabendo eu da minha razão, fiquei por ali esperando para ir até a delegacia mais próxima , fui ao meu destino que era chegar até a padaria Coimbra receber uma doação para a ONG Capão Cidadão , quando estou voltando sou abordado por 6 seguranças juntamente com seu supervisor que com muita agressividade, me algemaram colocaram dentro de uma viatura do metro , e foram me torturando até chegar na delegacia da Barra Funda 2 horas após , alem de ameaças ,preconceito, falaram o que quiseram , a delegacia da Barra Funda foi criada especialmente para atender as ocorrências do metro , chegando lá , ficaram uns 40 minutos contando a versão deles , aquela que da direito a dar um tapa na cara de qualquer um, falaram que eu estava bêbado, sujo e gordo , aceito tudo menos que eu esteja gordo, um pouco acima do peso quem sabe , ah meu depoimento durou , tomei um tapa , e fui agradecido, assinei um termo circustacial e tenho que em breve comparecer no fórum como réu , vou abrir um processo contra o metro , quero reparos por danos morais , existe filmagens da cena e tudo isso ficara por conta da justiça , sei que ainda vão surgir várias versões , mais acredito eu que a verdade vai prevalecer , quem me conhece sou de Paz e continuo acreditando nela apesar de ver o ser humana tão animal,sempre falo para as crinças daqui quando estão brigando , você sabe porque o cachorro briga , porque ele não sabe conversar ,




Paulo Magrão