FESTA 100% FAVELA

FESTA 100% FAVELA
SETEMBRO A GRANDE FESTA

domingo, 15 de maio de 2011

Racionais Familia negredo e Eve HSBC













A noite deveria ser da rapper norte-americana Eve, mas quem foi ao HSBC Brasil, zona sul de SP, nesta sexta-feira (13), parecia mais interessado em assistir ao show de abertura, do Racionais MCs.

Não era para menos: é raro ter a chance de ver o grupo nessas casas de show tradicionais da cidade.

Entre o público – bom, embora o HSBC não estivesse lotado -, misturavam-se fãs “de verdade” e gente que parecia não conhecer de perto a realidade de nenhuma música, mas se rendeu à curiosidade para assistir Mano Brown e companhia no palco. Tinha também panicat.

Eram quase 23h quando Brown e Ice Blue entraram no palco, na garupa de motos, dando início ao show com o sucesso Eu Sou 157.
No alto, do lado esquerdo, estava o DJ Kl Jay; e do direito, seu filho e também DJ Will.

Como já é tradição em shows do grupo, havia mais de 20 parceiros no palco, entre amigos e músicos que participariam do show, como Helião, Du Bronks e Lino Krizz.

As motos e ao fundo um telão com imagens de comunidades e carros em avenidas completavam o cenário.

Na sequência vieram Tô Ouvindo Alguém me Chamar e Diário de um Detento – esta última levando ao delírio o público, que cantou cada verso em coro com Brown.

Edi Rock, então, entrou no palco de bicicleta para Tá na Chuva.

Durante todo o show, entre um “salve” e outro, Brown agradeceu várias vezes a presença do público, mas não falou muito mais com a plateia. Nem precisava. No palco, ainda viriam, entre outras, 1 por Amor, 2 por Dinheiro, Jesus Chorou, Mágico de Oz, Vida Loka parte 1 e a ótima Negro Drama, para deixar qualquer fã satisfeito.

De quebra, o público ainda ouviu as inéditas Homem Invisível, com Mano Brown, Lino Krizz e Helião, e Setembro, de Ice Blue, Lino Krizz e Helião.

O Racionais se despediu com o tradicional champanhe, aos versos de Vida Loka Parte 2.

Na plateia, da beira do palco, o senador Eduardo Suplicy (PT) curtia empolgado a apresentação.

Eve não demorou muito a entrar e, apesar de a essa altura alguns já terem ido embora, fez um bom show.

Simpática e animada, conversou com a plateia e investiu em hits que o público conhece das FMs, como Give It to You e Got What You Need.

O Racionais ainda voltaria ao palco para uma homenagem da cantora ao rap brasileiro, encerrando uma grande noite e mostrando por que é, até hoje, o maior fenômeno do rap nacional.
Postar um comentário