sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Não seja escravo das circunstância,e sim seja dono da situação...


Com os pés nos chão e de cabeça erguida ,o sorriso estampado na face do trabalhador que vive a vida..Sofrida,marcada pelos fracaso,o mundo é cruel e não da ouvido para os nobres desabafos.Ignora os deboches e vai na missão,visando a melhora sobe no buzão.A tristeza transparece em seu pobre olhar,ninguém senta ao seu lado ambos com receio de falar.é deprimente,como a desigualdade abita entre a gente.Narizes se retorce diante a sua estadia,quase todo dia a mesma roupa sapato,calça velha e uma simples camisa. dele escuto,poderia estar no trafico ou ser mais um bandido na periferia,mais graças a Deus não sou escravo da crise trabalhista.Com muito orgulho saio honestamente atraz do pão,não incomodo ninguém,dês da infância aprendi que é cada um na sua solidão.Através do esforço viva um dia por vez,acontecerá diversas provas constituída pelo rei.Isso é um terço do caminho de um pacato cidadão,que jamais será escravo,sempre dono da razão.
texto; grabriel grupo r.d.g
Postar um comentário

GRUPO NEGREDO

cd negredo disponivel em todas plataformas